Adaptação à Escolinha da Kika

O processo de adaptação à creche coloca inúmeros desafios à criança, que passa por situações que podem ser geradoras de ansiedade: mudanças emocionais, cognitivas e sociais, exigências físicas e alterações de rotina. Por esta razão, é um processo de transformações para todos os seus intervenientes – criança, família e educadores.

 

Os educadores irão ajudar na redução da intensidade emocional das separações, procurando com delicadeza orientar e ajudar os pais na gestão destas emoções. É por isso que a família deverá ver o educador como uma pessoa disponível e cooperante, que transmite confiança, apoio e tranquilidade, e assim ajuda na redução da intensidade emocional destes momentos. Quando tanto os pais como as crianças percebem que os educadores reconhecem e compreendem os seus sentimentos, sentem uma ajuda preciosa para começar a encontrar de novo a sua estabilidade emocional.

 

Por ser um período de grande mudança, é natural que seja acompanhado de alguma ansiedade, de dúvidas, de novas exigências e por vezes de alguma dificuldade. Por esse motivo, a Escolinha da Kika propõe sempre a realização de uma adaptação gradual para que a integração da criança no berçário ou creche seja tranquila e harmoniosa para toda a família. Para apoiar esse período é disponibilizado a todos os pais um Guia de Adaptação pelo qual se possam orientar, esclarecer duvidas e definir a estratégia de adaptação que melhor se adapte às suas características e necessidades.

Parceiros

 Em caso de dificuldade na navegação, atualize o seu browser para a versão mais recente.

© 2018. Hemisfério dos Sonhos - Escolinha da Kika

 

Qual é a imagem? Diga ao Google

Alvará da Segurança

Social Nº 45/2018